sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Presidenta Dilma puxa o tapete de anistiados



Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), no dia 14/11, o veto ao Projeto de Lei 372/08, que reabria o prazo para os demitidos do Governo Collor entrar com requerimento de retorno ao serviço público.
Mais uma vez, o Governo petista dá uma prova de que continua na linha de atuação muito semelhante a dos Governos de Fernando Henrique Cardoso e Fernando Collor. A presidenta Dilma Rousseff frustrou todas as expectativas e o compromisso que assumiu com os demitidos quando era candidata.
O secretário de assuntos jurídicos do Sindicado dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado de Alagoas (SINTSEP-AL), Wellington Britto, soube da má notícia na quarta-feira, 16. Isto porque, como já é de costume, a "rasteira" aconteceu na calada da noite, em plena véspera de feriado. Para Wellington, a atitude do Governo é lastimável. “O sindicato repudia essa atitude da Dilma”, disse.
A diretoria do sindicato mantém contato com o pessoal do SINDSEP-DF, que também segue na luta pelo retorno dos demitidos ao serviço público. Lá em Brasília, representantes da categoria se reuniram ontem, 17, para definir as ações jurídicas e políticas que serão tomadas para reverter o veto, baseado a princípio em argumentos que não procedem, como as alegações de inconstitucionalidade e de contrariedade ao interesse público.
Diversos sindicatos, a nível nacional, apontam em seus meios de comunicação que o Governo adotou uma política de arrocho do setor público, em detrimento da prestação de um serviço de qualidade para toda a população. A decisão de vetar o PL 372/08, segundo o SINDSEF-DF, faz parte deste contexto.

Texto e charge: Lara Tapety

Nenhum comentário:

Postar um comentário