terça-feira, 8 de março de 2011

Luto X luto

Lara. Por Tadeu Brandão
 Mulher de preto,
Por que luto?
Sombras precisam de luz

Luto contra tudo

Que não se faz vivo,
O que é cinza e morto!

Mulher de luto,
Esse teu coração vadio
Não está sepulto

Mulher de preto,
Luta contra o vazio
Contra quem te feriu.

Mostra teus peitos
Perfeitos
Luta contra os sujeitos

Sem medo dos brutos,
Luto e lutas
Contra os injustos.

Mulher de luto,
Encara a luta,
Com amor, sem ódio.

Mulher, mantém a luta,
Acaba o luto
E encara quem te trouxe a dor.

Lara Tapety
Maio de 2005



FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER TRABALHADORA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário