segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Caos e destruição do MTE geram protesto de servidores

Trabalhadores denunciam desmonte do órgão e pedem exoneração do superintendente por perseguição política

Por trás da SRTE em Maceió
            A partir de 7h da manhã de quarta-feira (09/02), os servidores do Ministério do Trabalho e Emprego em Alagoas vão realizar um protesto devido às péssimas condições de trabalho e atendimento à população e à perseguição causada pelo superintendente do órgão.
            O Ato estava previsto para hoje, mas foi adiado para somar forças com a presença de parceiros do movimento, a exemplo da presidenta do Sindicato Nacionao dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Rosangela Silva Rassy, que chega a Maceió no dia da atividade.
            As agências da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) no Estado estão um caos, segundo os trabalhadores.  Infiltrações nas paredes e nos tetos, pisos quebrados, equipamentos sem funcionamento, entulhos por todas as partes, banheiros sem condições de uso, carros com falta de manutenção são alguns dos problemas notáveis a qualquer pessoa que visite os locais. Além disso, a maioria das agências está sem vigilância no período diurno, principalmente nos finais de semana e feriados, o que facilita os furtos e a depedração do patrimônio público.
            O SINTSEP/AL averiguou que 28 automóveis estão amontoados na garagem, situada na Rua Santos Pacheco, n°235, Centro, Maceió-AL. Os carros estão sem funcionamento por falta de manutenção, inclusive, existe uma caminhonete S10 completamente desmontada.
            O desmonte do órgão não está apenas na infra-estrutura, mas também na prestação de serviço à comunidade. A emissão das Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) está demorando de 2 a 3 meses na sede, em Maceió. Já em Palmeira dos índios, a população ficou 3 meses sem o direito de emitir o documento e atualmente sem emissão. Além disso, há 4 anos a agência não dá entrada ao seguro desemprego. Em Maragogi, não tem emissão de CTPS por falta de manutenção na impressora. Em Santana do Ipanema, por falta de tinta no equipamento, e no momento, não está sendo dada entrada em seguro desemprego porque a chefia está em férias e não há substituto. No município de União dos Palmares, o atendimento é suspenso quando chove, devido às infiltrações e goteiras. Na delegacia regional, em Arapiraca, o atendimento para emissão de CTPS é de 20 a 25 dias para recebimento, apenas quando existe tinta na impressora. O mesmo acontece em Atalaia.
            Além do caos no órgão, em vários estados do país os servidores denunciam a ocorrência de assédio moral. A perseguição em Alagoas se destaca com o superintendente Heth César, que é denunciado por criar comissões e processos administrativos para coibir a participação dos trabalhadores em atividades da categoria. Heth César chegou a lançar uma Portaria que proíbe os servidores de participarem de assembléias e, inclusive, restringe o direito de ir e vir do pessoal. De acordo com os servidores, até a internet foi censurada para maioria, podendo ser utilizada apenas de 12h às 13h.
            O Sintsep/AL vai montar uma tenda em frente à sede do MTE no Estado, com faixas e banner com fotos que retratam a degradação do órgão. Além disso, pretende dialogar com a população sobre o assunto e realizar uma atividade que chame atenção do Governo para mudar tal realidade. A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Alagoas é situada na Rua do Livramento, n°91, Centro, Maceió.


Sala de atendimento da agência de Palmeira dos Índios

Agência do MTE em Atalaia

Mulheres com crianças de colo aguardam atendimento
em pé na fila do MTE em Arapiraca

Infiltração no teto da agência de União dos Palmares

Público em frente a agência de Arapiraca

Piso da SRTE na capital do Estado


Mais informações:
Gerson Camarada – (82) 9616-6965 / Cássio Magalhães – (82) 8867-9034 / 9995-9423

            Texto: Lara Tapety P. Cavalcanti
Assessoria de comunicação – SINTSEP/AL
(82) 9305-6290 / 8874-0485 / 9672-8660

Fotos: Cássio Magalhães
Secretário de Imprensa e Comunicação - SINTSEP/AL
(82) 8867-9034 / 9995-9423

Nenhum comentário:

Postar um comentário